.

The freewheeling

quarta-feira, 18 de dezembro de 2013

....acreditava na vida

 Eu adoro escrever meus pensamentos aqui, consigo dormir melhor depois, rs. É o ano acabou... ou quase, foi um ano bem produtivo, cheio de experiencias novas, quase que saldo positivo. Atingi muitos objetivos nesses 365 dias e 6 horas, conheci muitas pessoas, conheci lugares, coisas, assisti muitos filmes, li livros... foi um ano proveitoso... agora vou partir para meu refugio praiano e trocar as penas para um novo ano.
Claro que tivemos momentos de baixa... todos eles foram complicados... ainda há algumas coisas que preciso fazer com que funcionem em mim... dar valor para coisas e pessoas certas... essa ano eu provei para mim e para quem mais viu que o nossa espécie é muito burra, sempre dando atenção para quem não merece e desmerecendo os verdadeiros... apesar das coisas positivas que vivi, esse ano vai acabar com um nó na garganta... sei que nunca vou grita-lo, e nem quero, prefiro digerir lentamente, calmamente e transformar isso em algo bom aqui dentro.
Gostaria de ter dado mais atenção a quem merecia, de ter sido um pouco menos egoísta, menos torrão, mas agora é muito tarde, já passou, vamos tocar a canoa... e a você que não merece nem compartilhar do meu ar... eu deveria te socar.. rs, não eu não faria isso, mas eu deveria ter aprendido, eu com certeza deveria ter aprendido... uma arvore sempre será uma arvore, um garfo sempre será um garfo, e você sempre será você...
Sei que estou amargurado, mas isso vai passar, sempre passei por tudo com um sorriso estampado, e não será você que vai estragar isso. Daqui a alguns anos eu quero entrar nesse blog e rir desse post ao pensar "que bobeira", na verdade eu sei que isso vai acontecer.
É isso, eu gostaria de dizer bem mais, mas vai soar apenas como um texto juvenil de revolta (quase) desmotivada, então prefiro parar por aqui...com um belo trecho de uma bela musica:
"But sayin' it wont change a thing
And they'll realise that it wont change a thing
Realise that it wont change a thing"

Nenhum comentário:

Postar um comentário