.

The freewheeling

quinta-feira, 7 de novembro de 2013

falando no demônio....

As vezes leio trechos de livros, ou revistas... ou até mesmo assisto cenas que na realidade me vejo pronunciando aquelas palavras, ou repetindo aqueles diálogos... talvez muito antes mesmo de tê-los visto, lido ou ouvido. Esse dialogo a seguir eu li numa madrugada de insonia indo para Bauru finalizar um ciclo que comecei a quase um ano atras.

"Ele bebeu um longo gole de seu copo.
- Cada um de nós está, no final, sozinho - disse Joe.
- Como assim?
- Quero dizer, não importa o quão bem a coisa esteja indo no sexo, no amor ou em ambos, chega um dia que tudo acaba.
- Isso é triste - disse Edna.
- Claro que é. Então chega o dia em que tudo acaba. Ou há uma separação ou a coisa se resolve em uma trégua: suas pessoas vivendo juntas sem sentir nada. Acho que dicar sozinho é melhor."

Conto: Solidão, Livro: Ao sul de lugar nenhum, Autor: Charles Bukowski, Página: 13 

O engraçado foi que quando eu cheguei na faculdade de artes, arquitetura e comunicação pela primeira vez na minha vida estava completamente atrasado... haviam pessoas de todos os lados e estava bem escuro. Da ultima vez eu cheguei cedo, não havia ninguém, e estava claro...

Nenhum comentário:

Postar um comentário