.

The freewheeling

quarta-feira, 26 de maio de 2010

Novo Projeto!!!

É isso ai estamos com um novo projeto musica intitulado: "Dead Dogs Society" que é formado por: Adnré(Baixo e Voz), Anthony (Guitarra e Voz), e Wallace, vulgo eu (Batera). Aqui vai a primeira arte da banda:

terça-feira, 25 de maio de 2010

NAZI!

Não se assustem, esse post tem esse nome só pra mostrar o desenho q eu fiz pro antonio e o cazé hahaha, espero q gostem...
(obs: ficou bem grande)

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Nostalgia!

Hoje me senti velho. Pareceu-me que uma fase de minha vida foi deixada pra trás, alias que a mesma fase acabou. É eu acho que já faz um tempo que ela acabou, mas hoje que caiu a ficha. É tão estranho crescer e ganhar responsabilidades, maturidade, e problemas. Ontem mesmo me lembro da diversão, da felicidade, e como eu pensava que aquilo tudo nunca iria mudar.
Pois é, hoje somos quase adultos, ou somos adultos, pelos menos já achamos ser, e logo menos estaremos... Sei lá, casando, tendo filhos, netos, velhos, e morrendo, e o que eu fiz? Nada, infelizmente não terei feito nada. Certa vez, isso a muito tempo atrás, eu vi um comercial, esse comercial mostrava um robô que falava sobre a vida, ele explicava que poderia ser imortal, bastava não se desgastar, e que se eu quisesse também poderia ser imortal bastava fazer algo notável. Desde então vivo com um pensamento fixo em minha mente, serei eu imortal? Serei eu lembrado? É acho q não. Os anos passam, as pessoas morrem, e apenas 1% de tudo isso é inesquecível, apenas 1% de tudo isso é reconhecido. Quando Johnny Cash morreu foi lançado um Vídeo Clip póstumo, na verdade ele já o havia gravado e estava sendo editado. O clipe era do disco "American IV: The Man Comes Around" e a musica era "Hurt" da banda “Nine Inch Nails”, no clipe aparecia ele e sua mulher June Carter e mostrava um pouco a dor de viver o fim. A tremenda voz de Cash com certeza é uma coisa bem... Arrasadora, a ponto de, como disse meu irmão, transformar aquela canção na mais triste no mundo. Ao ver esse clipe logo após a morte de Cash, eu admito que senti uma imensa vontade de chorar, nem era tão fã assim dele (na época) mas aquilo mexeu comigo, então eu disse: "Coitado do cara, morreu" e alguém me respondeu: "Coitado de você, que vai morrer e não será lembrado". É parece que ele estava certo.
Como eu disse hoje me senti velho... e por quanto tempo mais eu serei velho? Por quanto tempo mais estarei aqui? Serei lembrado? Serei imortal? Chegarei aos pés de meus heróis? Ou morrerei sem que nunca ao menos tenha feito metade do que eles fizeram pra mim? É hoje descobrir que estar velho é triste.


" ...Me sentarei sozinho e farei um brinde a vocês!"

Agradecimentos:

BOm, hj decidi agrader as pessoas q acompanham esse blog...bom primeiramente, a gabii, ela lê esse blog e nunca falou que é uma merda, isso mostra o quão insana ele é, rsrs, brincadeira gabii...tbm leio o blog dela, e por isso ela esta ali do lado esquerdo como parceira...em segundo lugar, meu segundo leiotr, Samuel, acho ele nao tem um blog né samuel...ma se tiver me manda que colocarei como parceiro ali tambem, rsrs. e em ultimo mas não menos importante: André, apesar dele vir aqui em casa todos os dias não me deixando com tempo livre para desenhar, ele compera com o blog...rsrs, e ali em baixo em parceiros esta o blog do mesmo "o Recitara", vcs que leem o meu blog leiam os meus parceiros tambem, pq são bons, ao menos melhores que eu, isso eu garanto...a vcs, obrigado!

Mil...

"Mil plano
Mil metas
Mil sonhos
Mil merdas"

terça-feira, 11 de maio de 2010

Sabe...

...hj eu parei pra pensar em mta coisa....essa minha rotina de acordar no meio da tarde e viver a madrugada esta me fazendo uma pessoa mais reflectiva...hj após ler algumas paginas do bukowski eu estive pensando...pensei em muitas coisas, pensei no passado recente q com certeza não voltara, pensei no passado distante, que ja faz tanto tempo que quase nao consigo me lembrar...pensei em tudo que desperdicei, em tudo que deixei passar, pensei em cada noite em claro, jogado no sofá.
Pensei em cada gole, em cada trago, em cada...pensei em mim, no agora no amanha, no depois...pensei em vc, alias em todas "VC" que existiram....tentei me lembrar da primeira, e vi quão infantil aquilo me pareceu ser...mas quão verdadeiro fora. Pensei em como sonhava, como dormia, e como acordava...pensei em como te via, como sorria, como me olhava...pensei em como negou, como xingou, omo deixou....pensei em quanto esperei, quanto pensei, quanto desejei....é pensei em tudo até na primeira "VC", pensei nas outras "VC" tbm, algumas nem foram tão intensas, mas foram tanto quanto, pensei em todos, e todas, pensei nas palavras q estava escrevendo, nos rabiscos na hora da dor, pensei no desespero, pensei no q pensava...pensei quando vi tudo aquilo mudando, pensei no dia q tive q encarar, e tive q disfarçar...pensei no quanto menti, no quanto enganei, em quantas vezes vou repetir....pensei em quanto suor, quanto trabalho, quanto tempo em vão, pensei q nunca vou ver pessoas q me importam, ao menos importavam, que quem sabe até algume vai me esperar pra sempre em um lugar, pensei q talvez não vá esperar, pensei nos meus erros nos meus acertos e nos meus defeitos.....pensei nas musicas, nos filmes e nos livors...é eu pensei pra caramba, mas ai vi q ja era hr de mais um trago pra poder dormir.